Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

quinta-feira, 6 de março de 2014

Grávida? ! / Crônica do Cotidiano

Grávida? ! / Crônica do Cotidiano

clip_image002

Hoje fui cumprir alguns compromissos, parece que a rotina voltou, mas ainda mais ou menos, ainda.

Gosto das conversas por onde passo e concordo também com alguns pontos de vista, mas não é esse o caso.

Vamos às histórias imperdíveis em seguida.

A primeira delas tange a dois amigos, um bastante preocupado com algum problema dele e o outro, dando ânimo e conselhos hilários.

_Você não se preocupe meu amigo. Sabe o que eu faço quando fico preocupado? Eu penso na minha idade.

O amigo quis saber o que é que a idade tinha a ver com o problema que causava preocupações.

O outro, solícito, completou o raciocínio:

_O seu pai chegou aos setenta anos? O meu, não. Então, quando me preocupo, penso que, na minha idade, nenhum problema dura muito e sigo a vida em frente com otimismo e determinação.

Se o que foi dito consola alguém, problema do outro.

Caminho mais um pouco e pego fila, sempre tem uma fila a se encontrar.

A senhora, à minha frente dizia, quase com zanga:

_Tudo que eu queria na minha vida era ser solteira. Todas as contas passam, enfim, primeiro, por elas. Isso me dá gana. Eu gostaria de estar no lugar de uma delas! Eu quero pagar a conta por uma delas!

O atendente, também de média idade disse que, nesse caso, ele também gostaria de ser solteiro e exclamou:

_Barbaridade!

Seja lá qual for à barbaridade sobre a qual eles comentavam, foi melhor pegar os trocados e pagar os pães e sair de fininho. Deixei que eles se resolvessem.

Voltando à rotina, por mais agradável que esteja à internet, estou com menos tempo para visitar os amigos, mas saibam que é um prazer estar na companhia de vocês. O meu lado lúdico fica por aqui, não quero mais nada além de me divertir com e, para vocês.

Eu iria fazer alguma crônica melhor, mas começo a escrever e o telefone toca; uma enfermeira comunicava-me que não poderei fazer o exame de gravidez, mas assim que puder, ela se comunica comigo para o agendamento.

Estou com mais de cinquenta anos e, glup (engoli em seco), grávida? Socorro!

Pedi a ela que cancelasse o exame gestacional. Ah, se eu descubro quem foi que se enganou... Mando um abraço pelo otimismo!

Não bebam que o feriado acabou.

Vou passar um café, o lado bom da rotina.

2 comentários:

Ivone disse...

Amiga Yayá, bom texto,é bom nos divertimos um pouco, a vida é tão séria às vezes!
Abraços e bom fim de semana!

Luiz Cidreira disse...

É de se espantar mesmo!
Uma bela crônica.
Já de volta também do recesso do carnaval, então vou tomar aquele café passado ha pouco. Risadas.
Abraço