Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

A Descoberta da Pizza

A Descoberta da Pizza

clip_image002

O empresário havia perdido os seus bens nos negócios mal sucedidos da bolsa de valores. Aplicou os seus valores em empresas que faliram.

Depois de se desesperar, ficar aturdido e praticamente sem rumo, o cansaço o venceu e ele se acalmou.

Trabalhava e podia se sustentar, mas sentia-se fracassado.

Andando como um homem deve andar diante das dificuldades, tratava de se recompor, mas quem o via de longe, percebia o seu olhar distante e tristonho.

Sem saber o motivo, começou a implicar com um colega. Ele era tão bom quanto ele, mas nunca havia se arriscado nos negócios e parecia feliz.

Aquilo o incomodava profundamente, era como se estivesse errado em ter se arriscado nos negócios e fracassado.

Certo dia, após pensar sobre si e sobre a vida que levava naquele momento, encontrou-se com o colega, que sorria, como de costume, e o indagou num ímpeto vindo do fundo da sua mágoa:

_Preciso te fazer uma pergunta: você está contente pelo meu infortúnio?

O colega, surpreso com a pergunta, sorriu para ele e respondeu:

_Que ideia! Vá se distrair e passear porque o que eu sinto é um orgulho danado de estar ao seu lado. Você não sabe, mas foi numa conversa no boteco da esquina, enquanto tomávamos café com leite e conversávamos esperando a hora da empresa abrir, que você me convenceu que eu deveria tentar esse emprego. Eu estava desempregado a mais de ano, quando você apareceu ali contando da sua experiência profissional. Puxa! Foi o jeito como você falou naquele dia que me convenceu a vir aqui também. Nós dois estamos empregados e eu devo o meu emprego a você. Naquele dia, depois que a empresa abriu para receber os currículos dos candidatos, você foi para lá. Eu fui para casa e burilei o meu currículo, imprimindo-o em papel novo. Fui chamado. Eu tenho muito a te agradecer.

Naquele dia, o antigo empresário, que se sentia fracassado, descobriu dentro de si uma capacidade nova, a de motivar. Descobriu-se esperança na vida de quem tinha passado por momentos tão difíceis quanto os dele.

Sentiu-se bem de vida no mesmo instante e, de certa forma, feliz. Tinha novas habilidades que poderiam se desenvolver. A alegria dentro de si vinha como se fosse uma fonte nova que levava consigo, na corredeira, todo o cansaço anterior.

Ele era bom e sentia-se bom. Acabava de conseguir um tesouro para cuidar.

Depois das emoções, abraçou o colega e disse que ele é quem tinha orgulho de tê-lo conhecido.

Mas era hora de expediente e foram com vontade ao que tinha que ser feito, deixando o final do expediente para irem conversar e comer pizza.

3 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo e descobrir a capacidade de motivar já é alguma coisa! Legal! bjs,chica

Jossara Bes disse...

Oi Yayá,

O coração entristecido tende a conclusões precipitadas!
Dissipados os "achismos", dando lugar ao otimismo e confiança!
Beijos!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Fazer algo por outra pessoa é um bom motivo para se sentir bem com ele próprio.
Uma história como sempre com uma mensagem.


Um beijinho com carinho
Sonhadora