Loading...
Loading...

domingo, 14 de julho de 2013

Reunião de Pais e Mestres / Para meditar…

Reunião de Pais e Mestres / Para meditar...

clip_image002

A secretária anotava todos os assuntos tratados na reunião da escola, era a responsável pela entrega do relatório à diretora na segunda-feira e esta, por sua vez, o entregaria revisado à Secretaria de Educação demonstrando os pontos fortes e os pontos fracos dos setores das disciplinas escolares e sobre a convivência entre a comunidade escolar e o entrosamento docente e dicente com as respectivas famílias envolvidas no processo educacional.

A mãe da Olga, no intervalo do café, queixou-se que a filha estava namorando e voltando para casa tarde da noite.

_O garoto é bom, mas eu me aborreço ao ter que acordá-la para as aulas.

Bastou que ela contasse, para que o pai da Irene se postasse entre todos os presentes e começasse o seu discurso crítico.

_Ela volta tarde para casa porque o pai dela não se preocupa. A senhora é casada ainda?

A mãe da Olga disse que era casada e que o problema do namoro da filha era dela e do marido dela.

_Pois saiba que da minha filha eu cuido melhor. Ela se deita às nove horas da noite e levanta às seis da manhã. Eu conheço cada um dos amigos dela e aviso que a minha filha não volta tarde da noite para casa.

O assunto chamou a atenção dos presentes e, o namoro da Olga e a educação da Irene, interrompeu a reunião enquanto as professoras e professores diminuíam o tom da conversa, que estava se tornando um desvio da temática proposta para a reunião. As duas moças eram boas alunas e os professores não tinham queixas do comportamento de ambas.

A secretária levantou-se para tomar água e reparou no aluno do lado de fora da sala. Foi até ele e perguntou se ele precisava de algum atendimento, que ela providenciaria.

_Não. Quero aprender como funciona a vida adulta. Se a senhora permitir, fico aqui mais uns minutos e logo saio.

O pedido foi razoável e a permissão foi concedida.

Depois de meia hora, o tema proposto recomeçou e a reunião seguiu sem mais problemas.

Na segunda-feira, a turma ficou sabendo que o colega ouviu parte da reunião. Os adolescentes. Foram perguntar sobre o que falaram deles.

_Ninguém falou de vocês. Para dizer a verdade eu pouco entendi da metodologia de ensino.

Os colegas ficaram desconfiados e perguntaram o que ele havia ido fazer lá naquele dia.

O garoto respondeu que namorava a Irene e conforme o pai dela falava mal do pai da Olga, ele planejava o seu namoro, porque estava muito bom o relacionamento entre os dois e ele não permitiria que o pai da Irene estragasse tudo. Pediu segredo aos colegas e como era questão de namoro, todos concordaram em protegê-los.

2 comentários:

Célia Rangel disse...

Tudo o que não se resolve, pelos bons princípios em uma escola, projeta-se em 'pauta de reuniões'... Adolescente é sempre sábio!
Bj. Célia.

Wanderley Elian Lima disse...

Reunião de pais e mestres, normalmente são chatas e não levam a lugar nenhum. Já passei muito por isso.