Loading...
Loading...

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Poema Embalado

Poema Embalado

clip_image002

Em caixa a voz recolhida,

Balões brancos, vãos pensados,

Que aos sonhos quer ser guarida,

E, sendo abrigo, são dados...

 

Da tinta a ser resumida.

Não lidos ou sussurrados,

Seus feitos se opõem à lida;

Silentes não cantam bardos.

 

Porque a dita quer ouvida,

Ou, a escrita desses fraseados,

E a frase não dita à vida...

Criam mofos deseducados.

8 comentários:

✿ chica disse...

Muito lindo ,como tudo que escreves! beijos,chica

Thiago RioSul disse...

Olá amiga
Belas linhas.
É como um passeio, que aos poucos vamos vendo cada sabedoria


Abraços,
Trocyn Bão - Thiago

Jossara Bes disse...

Oi Yayá,

É verdade, "a frase não dita a vida"!
Lindo e inteligente!
Verdadeiro!
Beijos!

aluap disse...

Yayá,
Hoje vim só deixar-lhe um abraço e informar que vou estar ausente por uns dias.
Assim que possível volto para ler o conteúdo do ARTES e escritas, que tem muita qualidade.

@té depois.

Lu Nogfer disse...

Belissima construção poética!Parabens!

Beijos

Verinha disse...

LINDO, MUITA LUZ.BEIJOS

XicoAlmeida disse...

Sabe Yaya o quanto adoro a profundidade sentida do que escreve.
Desculpe nao vir com o bonito e adorei.
Dos blogs mais dificeis e simultaneamente mais simples de comentar, para quem, como eu, gosta de mastigar cada letra sua.
Um sincero obrigado e permita um beijo.
Ah, esta lindo.

Wanderley Elian Lima disse...

Yayá
Palavras não ditas, muitas vezes são sentimentos reprimidos.
Bjux