Loading...
Loading...

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Amigo Poema

Amigo Poema
clip_image002
Saber do outro como se sabe
A si, é no cozer, o fermento;
A frase que tanto bem cabe
Dizer num arrebatamento.

Amigo é alfazema da tarde,
Passada sem dor ou lamento;
Do tempo perdido à vontade,
De ser apenas sentimento.

Aroma que deixa a saudade
De lado num breve momento,
E enseja com essa vontade,
O livre querer ao contento.

Abrigo é com quem te bem sabe
Ao vir festejar este alento
Presente à janela que se abre,
Querendo-te muito ao seu tempo.

5 comentários:

ONG ALERTA disse...

Acolhedor, beijo Lisette.

Célia Rangel disse...

Perfeito!
Amigo, assim, é abrigo eterno!
Bj. Célia.

Ivone disse...

Que lindo, amigo de verdade é tudo em nossas vidas, "Amigo Poema"!
Abraço apertado!

XicoAlmeida disse...

Olá Yayá,
Amigo é uma coisa tão grande e mesmo assim difícil de encontrar.
Como bem diz, é fermento, aroma e abrigo
Uma preciosoadde.
Abraço para si.

Ingrid disse...

e que amigo..
beijos querida.