Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Reflexão: Família

Reflexão: Família

clip_image002

O amor é interessante ao se viver, é necessário suar a camisa todos os dias. Em todos os sentidos.

A família ideal ainda existe aquela composta por pai, mãe e filhos, etc. Família significa esforço diário, vontade de fazer parte dela.

As moças casadoiras, e são a maioria, que pensam em profissão, marido e filhos, que saibam que é uma vida bastante puxada. Não que seja uma questão de a mulher se transformar em escrava, mas as que fazem durar os seus relacionamentos preparam um jantar para o marido, seja este jantar o bife que ele gosta ou o lanche com pão, presunto e queijo, com café, leite e o deixa à vontade para comer ou não.

Existe outra estrutura que se forma a partir do divórcio: mães e filhos. Essa família pode existir e também necessita de atenção diária. A mãe, por mais cansada que esteja não pode pensar que os filhos maiores de dez anos se viram sozinhos. É a miragem que a exaustão causa. Crianças necessitam de atenção e cuidados até os dezoito. A probabilidade dos pré-adolescentes e adolescentes se enganarem com as pessoas é bem maior do que um adulto. Então há que se perseverar: não aceite carona de estranhos, estude, etc. Parece brincadeira, mas a mãe tem que cuidar dos estudos do filho de dez anos de idade, ele tem idade para saber que é bom estudar, mas tem vontade de jogar bola.

O homem também é responsável pela educação e presenciei pais, homens com filhos do casamento desfeito, trocando o encontro com os amigos para auxiliar os filhos a estudarem durante os finais de semana em véspera de provas.

Esse tema parece desgastado de tão repetido, mas na nossa sociedade, parece que o esforço em prol do ambiente familiar é desperdício de tempo e dinheiro.

No meu tempo as mães chegavam a disputar qual uniforme era mais branco, acredito que a marca de sabão em pó que promete o branco perfeito se inspirou nas mães daquele tempo. Aqui, faço um parêntesis para contar uma história que hoje é engraçada, mas à época, me deixou bastante aborrecida. O ferro de passar roupas entrou em curto, queimando o termostato (regulador de temperatura) e, a blusa branca foi queimada. Adianta brigar com o ferro de passar roupa? Manda-se consertar. Era assim que os fatos se davam. Fiquei aborrecida.

Não custa nada perguntar ao outro como foi o dia e ouvir. Não adianta perguntar ao familiar como foi o dia como se fosse o tradicional: “Tudo bem com você?”, e continuar o trajeto na rua como se tivesse perguntado a ninguém.

Não custa mais do que dois minutos esquentar o lanche no forno de micro-ondas e servi-lo num prato com guardanapo junto com um copo de água, a gentileza dentro de casa poderia ser natural.

Outro parêntesis: na minha casa ninguém ficava resfriado sem ganhar gemada quente. Para ser sincera eu não sei fazer a tal gemada quente com canela em pó polvilhada sobre o leite, mas que era boa, eu garanto. Eram as delícias da gripe em tempo frio. Hoje tem vacina e não é correto falar em delícias da gripe. Já disse pronto e ponto.

Para existir família é preciso que alguém se disponha a fazer um dengo e um carinho. Porque amor acaba, separação existe, o dinheiro acha que pode mandar em todo o mundo; na família não.

Penso que é necessário agendar ao menos quinze ou vinte minutos para se gastar dentro de casa, com o outro, com aqueles que convivemos na intimidade.

Família ainda é um bom negócio, são as pessoas que te aguentam nos piores dias, mas nos melhores também estão a postos para brindar por você e, por fim, é uma estrutura que funciona.

13 comentários:

Will disse...

Família é mesmo a base mais segura na qual construímos a estrutura do que realmente somos.

Um abraço!

Geraldo de Lima disse...

"Penso que é necessário agendar ao menos quinze ou vinte minutos para se gastar dentro de casa, com o outro, com aqueles que convivemos na intimidade."

Yayá, gostei em especial dessa parte do texto. Pior que às vezes a gente se acha tão ocupado ou então se doa tanto em prol de outras pessoas ou causas, que pensamos estar indisponíveis para esses quinze, vinte minutos que na verdade são tão poucos... Excelente abordagem, parabéns! Cuide-se bem...

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Família é uma batalha que se trava diariamente porque precisamos de uma casa para a instalar e de muito amor para a conservar.

O maior ataque á família foi organizado recentemente entre nós com as politicas neoliberais.

Retiram toda a autoridade aos pais e aos professores. separam os casais com empregos distantes. Reduzem os salários e oferecem drogas.

A maioria das crianças vivem separadas do amor familiar onde deviam crescer com dignidade.

Ivone Poemas disse...

Bom dia Yayá, lindo texto, li com atenção e é mesmo assim, minha vida é bem vivida, sim, não me deixo, nem me abandono, gosto muito de mim, mas é para poder estar sempre bem e feliz, para poder compartilhar com os meus, minha familia!
Familia é sim e nem adianta retrucar, a base de tudo, do nosso equilibrio, do nosso sucesso, do nosso prazer em viver!
Lindo texto!
Grande abraço!

Lu Cidreira disse...

Pertinente a sua postagem, pois em véspera de uma festejo que julgo ser da família em si que é o Natal.
Vejo que o que narra é igualzinho a minha separação e a reconstrução de outra família sem deixar que os filhos ficassem sem minha presença, isso ainda acontece com a minha filha que mora longe é casada ainda não tem filhos e não as deixa de sempre visita-la lá em POA, fazendo uma bela reunião familiar, e com a presença do filho que ganhamos.
Gostei muito.
Abraço

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Família é, sem dúvida, o tema mais importante para se discutir, se compartilhar...se "curtir". Sem família (bem "alimentada", na convivência), a vida não tem a menor graça.
Texto muito bom, para se refletir, de grande grande significado...

Um abraço, Yayá,
da Lúcia

Lourdes disse...

Gostei dasua reflexão sobre um tema que me é tão caro. Infelizmente, cada vez mais, o conceito de família se está a modificar e, em alguns casos, a perder. Com o "casa, separa", tão em moda nos últimos tempos, é muito difícil a família se manter unida, principalmente no que respeita à educação dos filhos. Nestes casos, muitas vezes, se não fossem alguns avós... pobres crianças!
Beijinhos

Evanir disse...

A Melhor mensagem de Natal é aquela que
sai em silêncio de nossos corações e
aquece com ternura os corações daqueles
que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.
E mesmo com todos os obstáculos que a vida nos prepara,
conseguimos superar as barreiras e passar
para este outro ano que com certeza será melhor.
Meu muito obrigada pelo seu
carinho tão importante na minha vida.
Deus abençoe seu final de semana espero
que esteja curtindo minha postagem de Final de Ano.
Beijos no seu coração e na sua alma,Evanir.
Vivendo a cada segundo os Dias que antecede
o Natal como se fosse o último da minha vida.

Mona Lisa disse...

Família é o nosso porto seguro!

Beijos.

aluap disse...

Os pais são um dos pontos cardeais da vida e o meu desejo é que todas as mães e pais vivam em harmonia para que os laços de família continuem a ser uma referência para todos nós.

Bom Fim de Semana Yayá.

AquilesMarchel disse...

a instituição familia esta falindo


almoços aos domingos eu nao vejo mais

:/

pena

MARIA DA FONTE disse...

Família é um bem precioso que temos que preservar. Lindo.
beijos

OceanoAzul.Sonhos disse...

Yayá, sensibilizou-me muito do seu texto que nos leva à reflexão.

Uma boa semana
abraço
cecilia