Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Chama o Cachorro

Chama o Cachorro

clip_image002

Tiquinho avisa os pais que a irmã Suzana anda se encontrando com um homem mais velho às escondidas. O pai, Ailton, e a mãe, Rosana, perguntam onde e o garoto diz que é no Shopping Center.

_Na praça de alimentação, garanto. Se ele fosse bom, ele conversava com vocês ou com ela enquanto estamos juntos. Acho que ele é um impostor e não gosta da Suzana.

Os pais, sabendo desses encontros, vão até lá e encontram a filha com o homem. Conversam e ele diz que tem vinte e oito anos. Eles o convidam para almoçar no dia de sábado na casa deles; não querem se deixar levar pelas impressões do caçula.

Homem feito, Renato se aborrece em ser tratado como adolescente, mas aceita o convite porque, para ele, a moça é suficientemente adulta para tomar as próprias decisões.

Suzana segue para casa toda contente aguardando o final de semana.

Renato, por via das dúvidas, passa na loja de animais de estimação e pergunta onde poderá comprar um cachorro de raça a preços módicos e os vendedores informam o local.

Chegado o dia marcado e Renato pega o cachorro com laço de fitas brancas e o leva para dar de presente ao pai da moça. Quem gosta de cachorro é bom sujeito e, se ele gostar, eu serei aprovado para frequentar a casa sem maiores problemas, pensa.

Ao abrir a porta, Ailton gosta do cachorro e imediatamente o chama de Faísca. O cachorro se sente à vontade e enquanto a mãe da moça serve o almoço, a polícia chega e prende o homem em flagrante como ladrão de cachorros.

Renato, indignado, conta onde e quanto havia pagado pelo cachorro. A polícia mostra o boletim de ocorrência e a foto do cachorro entregue pelo próprio Ailton dois meses atrás.

Polícia vai, polícia vem, Suzana ficou sem ninguém. Renato contratou um advogado para provar a sua inocência e a sua compra de boa fé com os devidos recibos. Ailton e Rosana pegaram os filhos Suzana e Tiquinho e, com o Faísca no automóvel, foram passar uns dias em Campos do Jordão sem nem darem satisfação e assim terminou a confusão.

15 comentários:

Imaginário disse...

Como disse não sei quem: "Problema adiado, problema resolvido".
Obrigado, Yayá.
Gilson.

BlueShell disse...

Mas que confusão...até meteu políciaa pelo meio...LOL
Gostei da narrativa,
Um belo dia para ti, BJ

✿ chica disse...

rsss..Que bafafá!!! Bota confusão!!Legal!!beijos,lindo dia!chica

mfc disse...

Mas que almoço de noivado mais agitado!!

jose claudio disse...

Coitado do Renato! Que coincidência terrível, hein? rsrs. Mas eu como um otimista contumaz digo que pelo menos o cachorro voltou para os donos.Abraços, Yaya.

Jossara Bes disse...

Oi Yayá!

Que delicia de texto!
Yayá, desculpe minha "ignorancia", você disse para mim entrar no seu
outro blog. Qual é?
Se quiseres mandeme um e-mail.
Beijos!

Jorge disse...

História confusa mas engraçada!

Ailime disse...

Olá amiga,
Muito obrigada pela sua visita!
Uma história bem contada e que li de um fôlego!
Vou estar atenta às suas narrativas.
Beijinhos,
Ailime

Célia Rangel disse...

Uma história real da vida nossa de cada dia... Toda família tem um cão que se preza ou se despreza...
Bj. Célia.

aluap disse...

Será que o Tiquinho quando disse mal do namorado da irmã tinha noção que ia armar tanta confusão? Quando se diz mal de alguém (sem fundamento) já não se pode voltar atrás.
Lindo esse cão que se chama Faísca (o da foto).

Abr./Paula

Marisete Zanon disse...

Coitado do moço...Ah...Fiquei triste...Hahahahah! Obrigada Yayá, mas foi divertido.
Beijo!

BlueShell disse...

Grata por tua presença no dia de nos de minha irmã: foi importante para nós.
Hoje...sou eu quem faz 25 anos de casamento...LOL

Um beijo
BShell

Giancarlo disse...

Un bel racconto! buon mercoledi...ciao

Nel Santos disse...

Oi, Yayá!!!!

Estou voltando aos poucos! Trabalho na área da saúde e ando um pouco cansada, amiga... mas estou na área!rsrs...

Mas que babado esse no texto, heim? Que azar a do Renato!...rsrs... Muito bem postado, gostei!!!

Beijos pra ti, querida!

Nel

http://nellsantos.blogspot.com.br/

MARIA DA FONTE disse...

Uma história real e comovente. Adorei
Beijinhos grandes