Lugares Bonitos

Lugares Bonitos

http://frasesemcompromisso.blogs.sapo.pt/

O blog da Nina, menina que lia quadrinhos.

sábado, 5 de maio de 2012

Sugestão da Paula do ALUAP: Prosa - Mãe Tem Cada Uma…

Mãe Tem Cada Uma...

clip_image002

A filha, adolescente, pediu à sua mãe a permissão para colocar um piercing.

_Permito filha. A adolescência é a fase de conhecer o mundo adulto e algumas experimentações são permitidas, quando supervisionadas. Ah, filha, quando você nasceu mandei furar as suas orelhas e coloquei um par de brinquinhos de ouro. Você não imagina a emoção que eu senti ao te presentear com aquele par de brincos. Eu deixo porque você colocará na orelha, seria um contrassenso eu não te permitir.

Jade, agradecida à Jamile, sua mãe, escolheu um piercing banhado a prata, uma bijuteria fina, na opinião dela.

Jamile ficou orgulhosa ao ver a filha econômica, pensando no custo do produto. Gostou igualmente do tamanho pequeno e delicado do adereço.

Passaram-se três anos e a mocinha colocou mais um na mesma orelha.

O tempo passa depressa e a opinião de Jamile mudou ao ver o segundo piercing na mesma orelha.

_Filha, brincos são bonitos em par, um em cada orelha. Não sou contra, mas não achei tão bonito como o primeiro. Sinceramente preferiria você com um par de brincos prateados, é o seu tom preferido e eu respeito. Há quem goste de adereços dourados e há quem goste de adereços prateados, quanto ao gosto do tom não existem controvérsias.

A moça fez dezoito anos, universitária e estagiando. Surgiu o primeiro salário e ela comprou um piercing que cobria toda aquela orelha, a mesma dos piercings anteriores.

Era véspera do Dia das Mães, segundo domingo de maio e jade e Jamile saem para que a filha compre o presente do gosto da mãe. Depois do presente comprado, Jamile diz a filha:

_Você é minha filha e eu te amo, mas se você colocar mais um piercing nesta sua orelha, eu mando retirar todos e você não mais verá a sua orelha com penduricalhos esquisitos.

Jade protesta:

_Mas, mãe, você deixou e agora muda de opinião?

A mãe disse que deixou colocar um piercing, não três.

_Mas, mãe, quem faz um cesto não faz um cento? Não foi assim que a senhora me ensinou?

A mãe disse que ela estava invertendo o sentido do ditado popular para favorecer o seu lado nessa história.

_Não coloque palavras na minha boca, eu sou sua mãe, te amo e não quero que você faça papel de “sem família” na sua empresa.

_Mãe, eu discordo, mas eu também te amo.

A moça saiu repetindo que a atitude da mãe não era justa, mas deu o braço à ela e saíram as duas conversando: a filha com os olhos espantados e a mãe repleta de novos conselhos.

15 comentários:

Michele Pupo disse...

As mães e suas negociações... tudo por amor.

Um abraço

Luís Coelho disse...

Quem tem filhos tem cadilhos diz o povo.

Já não sei mais o que fazer mas também os meus são grandes, maiores de idade e aquilo que lhes fui dizendo foi:
- Nunca faças nada de que te arrependas amanhã...

Célia Rangel disse...

Ainda está para nascer alguém mais "volúvel" no ato de pensar que a figura materna!
Bj. Célia.

Ingrid disse...

belo texto querida.
beijos de um lindo dia!.

aluap disse...

Cara Yayá:
Obrigada pela menção do meu nome, para já, só me ocorre dar-lhe os parabéns por este conto, porque hoje aqui (Portugal) celebra-se o Dia da Mãe. As mães satisfazem quase sempre os caprichos dos filhos, mais que os pais (eu acho), mesmo quando dizem não, não, não, no fim acabam por dizer sim.

Um abraço e bom domingo.

Smareis disse...

A mãe é uma obra divina de Deus.
O filho pode até discordar da mãe, mais no final eles sempre segue seus conselhos.

Grande beijo!

edumanes disse...

Filha adolescente
Que a sua mão pede permissão
Porque muitas coisas não compreende
Mas de sua mão sente, amor em seu coração.

A sua mãe ser obediente
Contra ela não protestar
Aquela menina inteligente
Que muito sua mãe saber amar.

Bom domingo,
para todas as mães,
beijos e abraços
Eduardo.

Loivarice disse...

Que linda mensagem Yayá, nos leva a reflex, bjs que sua semana seja iluminada..

Artes e escritas disse...

Desejo um Feliz Dia das Mães à todas as mães de Portugal, Mães são anjos de Deus aos seus amados filhos e, nesse amor infinito e sempre abençoado. Que festejemos essa linda irmandade que nos une, nessa nossa amada língua portuguesa e os nossos textos lidos com carinho. Paula, agradeço a sua companhia e a sua amizade, Felicidades! Um abraço, Yayá.

Elisa T. Campos disse...

Amei o seu texto
Conflito entre mãe e filha escrita de forma deliciosa de ler.
Bjs

Jossara Bes disse...

Yayá, Querida!

Eu penso que entendemos a "linguagem de mãe" tarde, por vezes tarde demais! E o pior, é constatar que ela estava certa!
Beijos!

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde Amiga
abraço de Paz, Bem e Amor!
Ser mãe é uma grande aventura, que é conduzida pelo Amor!
uma linda semana para você coberta de muita paz e amor!
Maria Alice

Bergilde disse...

Bonito diálogo.É assim que as coisas funcionam entre pais e filhos.Tudo com moderação.
Abraço carinhoso com um até breve pois me ausento do blog por um tempinho.

ONG ALERTA disse...

Sabe eu tenh uma história interessante, minha filha quando fez 17 anos pediu para fazer uma tatuagem nas costa uma boneca japonesa ocupava toda lateral das costas e eu deixei inclusive fui junto para autorizar....levou 6 horas para fazer e ficou perfeita linda, custou um horror, mas ela estava repleta , feliz...
As pessoas me chamaram de louca, como pude deixar e ir junto...6 meses depois minha filha morreu....o que posso dizer que fiz o que eu podia estar ao lado dela em todos os momentos....
Beijo Lisette.

Lourdes disse...

Os conflitos de gerações são recorrentes, só mudam as modas.
Beijinhos
Lourdes