Loading...
Loading...

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Teimosia

Teimosiaclip_image002

O outono veio para ficar;

Os meses vão, mas ele, não.

Casaco, luvas a secar,

Sapatos úmidos, fogão...

 

Não esquenta. E o tempo devagar

Se instala à sombra do verão.

Preguiça de ir e se guardar

Na chuva fina de um senão.

 

O vento sul quer cadenciar

O oposto ao amor da imensidão

Salgada ao sol, ao se deitar

No acaso d’ouro à cerração.

 

O sonho segue a idealizar,

Querendo apenas a alusão

Suave à lua p’ra inovar

O nobre espanto da razão.

 

Em brumas densas navegar

No sono leve; a variação

Bem vinda nesse liberar

Do outono a dor, que ainda é emoção.

15 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Yayá, gostei muito da sua teimosia. O outono não nos deixa mesmo.
Beijo no seu coração.
Manoel.

Lecy'ns disse...

Olá Querida Yayá...
Linda tua poesia...sou suspeita pra opinar sobre o outono, já que amo essa estação..rs
Saudades...
Grande bj no coração.
Lecy'ns

Elisa T. Campos disse...

Querida Yayá

Gosto do seu jeito de versar numa cadência poética que lhe é peculiar
delineando as duas estações.

Beijussss

CLEUSA KLEIN disse...

OLÁ MINHA AMIGA... TUDO BEM CONTIGO? OBRIGADA POR SUA VISITA.... VOLTE SEMPRE PARA ALEGRAR O MEU CORAÇÃO.
TENHA UMA QUARTA FEIRA DE VITÓRIAS.
BJOS

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia querida!
Estava com saudades...e chego aqui e sinto o outono me perseguindo,kkkkkk
Poesia gostosa de ler,onde o outono vai nos levando...
bjs

Lourdes disse...

Yayá
Gosto do Outono, mas por aqui este ano, veio tarde mas muito invernoso. Trovoada,vento, chuva e granizo têm havido em abundância. Os seus versos foram bons para amenizar.
Beijinhos
Lourdes

Célia disse...

Quero SOL... energia intensa! Sou Primavera / Verão... Que a Teimosia do Outono se vá...
Abraço, Célia.

Van disse...

carrego outonos, primaveras e invernos, em uma mesma estação.

Só o verão é exclusivo.

Um beijo Yayá!

Murillo O. Quintino disse...

Ai que lindo o texto da postagem! *-*
Salvei ele e depois vou publicar no meu meadd tá?
Obrigado pela visita!
Uma linda semana
Beijão

In-Conditional

Maggie May disse...

eu sou um pouco teimosa, um pouco outono, um pouco sol, somos assim...

Sonia Guzzi disse...

Oi Yayá.
Gosto do outono. Gosto também das palavras que formam versos assim.
Bjs, querida.
Em divina amizade.
Sonia Guzzi

Néia disse...

Olá querida...
Sempre quando me perguntam sobre qual estação eu gosto, respondo prontamente que é de trem e sob o céu de outono. Amo o outono, assim amei sua poesia.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Yayámiga

Teimoso é o Outono veio para ficar; Os meses vão, mas ele, não. E é mesmo assim, minha querida.

O Outono não são as folhas secas e caídas; também são, mas não só. É o prenuncio da chuva, do frio, da neve, mas também da esperança de que melhor(es) tempo(s) está (ão) ali mesmo, ao virar da esquina e das folhas do calendário.

Gostei

Qjs

denise dutra disse...

dor,dor,dor.....sempre acompanhando.

docerachel disse...

Uma doçura de poema!