Loading...
Loading...

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Cuidado com que pedes … Que os anjos te escutam

Cuidado com o que pedes... Que os anjos te escutamclip_image002

O sonho de Ivana era passar uma semana inteira comendo fora e em restaurantes diversos, e para realizar o sonho, economizou o ano inteiro e esperou a feira de gastronomia em Curitiba.

Na sexta-feira que antecedia a data, foi o dia da apresentação da pesquisa sobre o solo da cidade, sua composição, origem e história da geologia. Uma pesquisa fácil para ela. Ivana conhecia um dos geólogos da cidade e tudo que precisou fazer foi visitá-lo e anotar.

A pesquisa universitária foi considerada a segunda melhor pesquisa da escola. O prêmio, um diploma de honra ao mérito seria entregue no domingo durante um almoço aos alunos e aos pais e mestres.

Para ela, a honraria era tanta que dispensaria com prazer o almoço de domingo em um restaurante.

Durante a confraternização, o professor de geografia, Olavo, pediu a ela que apresentasse o geólogo. Ele fazia doutorado em geografia e certamente o Dr. Gilberto, o geólogo, seria uma referência e uma fonte preciosa de pesquisa.

O Dr. Gilberto era amigo de toda a sua família e, ao telefonar para ele no domingo à noite contando da premiação e do pedido do professor, foi convidada juntamente com o seu professor para almoçarem com ele na segunda-feira em sua residência.

Durante a manhã de segunda-feira, os colegas souberam do almoço aonde iriam Ivana, seu pai e o professor.

_Amanhã ela almoça com a gente! Amanhã vamos a uma churrascaria rodízio e a levaremos.

Quando chegou a sua casa, a sua mãe disse que queria almoçar com ela na quarta-feira para saber das novidades pelas quais a filha se encontrava. E quarta-feira as duas almoçaram em um restaurante próximo ao local do emprego da mãe, prato feito com capricho e uma conversa agradável entre mãe e filha.

Na quinta-feira Ivana almoçou em casa. Estava com saudade do frango ensopado com legumes feito pela sua mãe na noite anterior. Comida amanhecida é uma delícia de vez em quando, desde que bem conservada no refrigerador.

Chega sexta-feira e a turma de amigas vai a uma pizzaria. Dia de almoçar pouco e comer muita pizza e conversar sobre nada, uma delícia.

No sábado um sanduíche natural mata a fome. Nem tem fome...

Chega domingo, o último dia da feira gastronômica, tinha um aniversário para ir. A semana da moça não teve um único almoço dos restaurantes programados.

É fim de noite. Ao deitar-se para dormir ela se dá conta que viveu uma das melhores semanas do ano. Viveu uma feira gastronômica, não gastou um centavo do que tinha guardado para a semana, e ainda por cima, tinha ganhado uma premiação.

22 comentários:

Paulo Francisco disse...

E ainda, a cada dia, esteve com pessoas queridas. Gostei deste conto.
Um beijo grande

blog da Paraguassu disse...

Olá Yayá,
Gostei muito do conto. Realista e muito bonito.
Um beijão.
Maria Paraguassu.

Meire disse...

Yayá, muitas vezes planejamos as coisas e elas saem até melhor do que pensávamos que seria!!
Adorei o conto ;)

bjokitas pra vc!

Ma Ferreira disse...

Yaya..bom quando o destino conspira a nosso favor!

Um beijo;;

Marly Bastos disse...

Saiu melhor que a encomenda né? Encheu a barriga, comeu fora a semana toda e nao teve que enfiar a mão no bolso.
Bommmmmmmm
Beijokas doces

MARILENE disse...

Alimentou sonhos que não viveu. E viveu maravilhosos sonhos que não idealizou. Caminhos que não escolhemos e que nos trazem a felicidade.

Bjs.

Mery disse...

Lindo conto, és uma escritora de mão cheia...
Como é bom realizar os sonhos e sair da rotina.Gostei demais!
beijo da Mery.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Magnifico, talvez por ter se esforçado nas economias, teve a recompensa de graça.

Bem engendrado.
bom fim de semana
oa.s

Milla Pereira disse...

Bom dia, Yayá! Um conto com tds os ingredientes que prendem a atenção do leitor. Adorei! Bom fds, bjks.

Vivian disse...

Bom dia,Yayá!!

Bah! Até eu queria uma semana destas!!!rsrsr
Ótimo conto!!
Beijos pra ti!

Antonio Pereira (Apon) disse...

Uma boa reflexão. Devemos estar abertos para as mudanças de rumo. A vida pode nos trazer surpresas agradáveis. Precisamos nos programar sim, mas sem rigidez excessiva.

Um abração e bom fim de semana.

Maria disse...

Gostei da história. Nem sempre as coisas correm como planeamos, mas há que saber tirar o melhor partido dos imprevistos e por vezes o não planeado saí perfeito.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Miriam de Sales Oliveira disse...

Yayá,adorei o conto.E seu blog nos dá vontade de ler,reler e voltar. bjks

Graça Pereira disse...

Não gastou um centavo e...divertiu-se a valer!! Ainda bem que os anjos ás vezes são surdos!!
Gostei muito Yayá!
Beijo e bom fds.
Graça

Célia disse...

Um conto e mil facetas! Pluralidade humano-cultural! Idealizamos, mas na execução, de repente as exclusões e/ou acréscimos iluminam-nos em novas visões não projetadas! Detalhe: muitas vezes apreciamos mais ainda - a surpresa! O inédito!
Parabéns! Abraço, Célia.

@ Escritora disse...

Gostei muito, a vida exatamente como ela é.

Bjao

Elisa T. Campos disse...

Situação inusitada. Comer fora, realizar o sonho e não gastar nada.
Belo conto.
bijusssss.

Malu disse...

Muito real e belo.
Também acredito que quando aquilo que desejamos vem da nossa alma o UNIVERSO inteiro conspira ao nosso favor.
Abraços

Simone butterfly disse...

parabéns, que lindos os seus post, já estou a per(seguir) teu blog

Simone butterfly disse...

parabéns, que lindos os seus post, já estou a per(seguir) teu blog

Madalena disse...

Yayá, obrigada por sua visita ando muito ocupada e não bastasse o trabalho tivemos enchente aqui em nossa casa, uma loucura a água ficou na porta mas o lugar onde a gente trabalha jardim verduras e tudo mais virado em lama. Aos poucos a vida vai voltando ao normal, gostaria de te agradecer profundamente pelo carinho do selo.
Beijo e bom final de semana.

Eliane Accioly disse...

É verdade. Tive uma amiga muito querida, que dizia: "Cuidado com o que pede, se pedir um elefante vermelho, ele chegará". :)