Loading...
Loading...

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Tudo Igual

Tudo Igualclip_image002

O mundo não acabou

Mudou essa cidade

Que encerra de amor

O mundo na vaidade.

O tempo que se achou

Espera a novidade,

Alarde sem rancor

Que o amor se faz verdade.

Não deixa o que ficou

Atrás nessa saudade.

Sincero no valor,

Abraça essa amizade.

25 comentários:

mery disse...

Gostei deste blog, vou seguir.
beijo,Yayá.
Visite-me / mery

Rabiscando Poesias disse...

Olá um beijão grande te deixo gostei do teu cantinhovou pintar por aqui sempre, bjs

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Restou de tudo o melhor, a amizade sincera.
Adorei.
Beijokas doces Yayá.

Paulo Tamburro disse...

Então,sou seu mais novo seguidor e agradeço a generosidade da sua atenção com o meus blogs:Humor rm Textos, Fotofalada e Como era fácil fazer sexo.

Quanto a sua postagem, reconheço que a mesmice da vida cotidiana impede sermos mais criativos, ousarmos no amor,na recontrução dos nossos telhados com eternas infiltrações indesejáveis e dar nova cara a nossa cidade barulhenta e poluida.

Fica mais fácil, e a impressão que dá, é que nós vivemos encasulados e tememos o dia que teremos que voar, pois da lagarta à borboleta , o processo é inevitável.

Aí veremos,quem gosta de voar!

Um abração carioca e estarei sempre por aqui.

Vivian disse...

Olá,Yayá!!!

Que lindo!!!Adorei!!
O amor move o mundo e muda tudo!
Beijos
Bom feriado!

Artes e escritas disse...

Obrigada gente! Ps. Paulo, não pretendo ser borboleta, rsrs. Um abraço, Yayá.

Natalia Campos disse...

Tão simples e tão lindo ao mesmo tempo. E então resta a amizade. Mui belo! Me encanto com seu canto aqui. Beijos e um dia maravilhoso para você. Au revoir.

Valéria Sorohan disse...

Ê coisa bonita!! Isso não carece explicação. É sentar, ler e sentir.

BeijooO*

Patricia O. (Patokata) disse...

hermosas anhelos que convertidos en palabras hacen girar al mundo!!

Un abrazo!!

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog mundo suspenso. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

http://narroterapia.blogspot.com/

Débora Andrade disse...

Tem selinho para você no Selos & Afagos do meu blog. :)

Ah, indico:
http://acaciaazevedo.blogspot.com/
Ótimo conteúdo. :D

Beijos,
Débora.

Artes e escritas disse...

Grata pelos comentários e sugestões interessantes. Débora, obrigada amiga, guardarei o selo nos arquivos do meu computador. Preciso pensar sobre selos no blog com atenção. Um abraço a cada uma de vocês.

Acácia Azevedo Studio Pottery disse...

Que lindo poema! Já estou te seguindo! Obrigada por acompanhar o meu blog tb. Bjs mil! A.

Anna Carvalho disse...

Yayá minha amiga querida,
achei verdadeiro demais esse poema, diria que o mundo não muda e sim nós que mudamos e nos moldamos frequentemente...
Parabéns pela inspiração!
Um beijo amiga,
Anna.

Ma Ferreira disse...

Lindo e leve seu porm.
Adorei..
Voltarei mais vezes..
Bj

MA

Bergilde Croce disse...

Gostei da ilustração e ainda bem que apesar de tudo resta a amizade se é sincera!Abraço carinhoso e até breve pois nos ausentaremos durante todo o Verão!

Monja de Clausura Orden de Predicadores disse...

Buenos días, intenté leer su poema, pero mi traductor no lo realizó demasiado bien. No obstante volveré a ver si lo termino de traducir bien.
La invito a quedarse en mi espacio.
Gracias
Sor.Cecilia

Vivian disse...

Bom dia,Yayá!!

Bom feriadão pra ti!!
Beijos!!

Artes e escritas disse...

Grata as amigas. Traduzindo para a monja Sor. Cecília: O mundo se acaba em vaidade e o amor o salva. Uma vez salvo, a boa nova do amor se propaga e mostra a verdade, nascemos para amar. Para concluir, não tenhamos saudades da vaidade que se foi e abracemos a causa humana, a amizade. Um bom feriado a todos vocês, Yayá.

MARILENE disse...

Infelizmente, as mudanças - não do mundo -, não nos fazem melhores. Mas se resta o afeto, tudo pode renascer.

Bjs.

Zélia Gadelha disse...

Que bom quando aparece um feriadão desse e nos tira da rotina... Aproveite bem o seu querida! Adorei o texto... Bela inspiração! Que diante de tudo nos sobre sempre amores verdadeiros e amizades sinceras. Bjusss

Clau disse...

Você não sabe o quanto fico feliz com a sua visita...
tenha uma boa noite... Abraços!

Peônia disse...

Amizade e Amor: faces de uma mesma moeda.
Beijos flor!

MARCO COIATELLI disse...

Parabéns !!!
Bellissimo Blog !!!!
Bjjj

OceanoAzul.Sonhos disse...

Abraço a Amizade, com muito carinho, ela protege e apazigua dores, é companheira nas alegrias e tristezas.

Um beijo amiga
oa.s