Loading...
Loading...

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Tangível

TangívelVagões Antigos,

O problema que se repete merece

A atenção do seu proprietário sem prazo

Afixado, como a paciência que investe

Ao treinar a disposição num acaso.

Condição, que de inescrutável se veste

De um espaço desconhecido, compasso

Que dirige a uma solução de minestre,

A um ensaio, numa tentativa a esse caso.

A variável condicional contra a tese

Fornecida nessa equação, vem do atraso;

Armadilha da matemática inerte.

Calcular geometricamente esse enfado

Poderá vir a se findar em tangente,

Resultando na concordância do caos.

Um comentário:

Poeta Renato Douglas disse...

Olá passando para retribuir a visitinha, e agradecer pelo recado. Parabéns pelo seu trabalho. Desde já serei teu seguidor.]

Abraços!