Loading...
Loading...

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O médico e a múmia

Doutor,múmia

I

Não uso droga,

Vou cuspir

Nessa toga.

Sem mentir

Pra ser moda,

Ou fingir.

II

O seu nome,

O seu poder,

O seu dote,

O seu foder,

O seu poste

Vai arder.

III

Nesse chão

Sem justiça

No balcão,

A preguiça

Não dá a mão

À carniça,

Charlatão.

IV

O delatei,

Denunciei

Seu crachá.

Vingarei,

Buscarei

O caçar.

V

Torturou

Sem razão,

Não tratou

Um ladrão.

Procurou

Confusão.

VI

Encontrou

Essa fera,

Transformou

A quimera

Em formol

Atmosfera.

Nenhum comentário: