Loading...
Loading...

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Zum

clip_image002 Zum.

Abelhas brincam entre as flores;

Na busca ingrata, rumo de mel.

Perdidas, voam ventre de cores;

Nas ruas surgem vindas do céu.

Abelhas zunem, zombam das dores.

Ferrão: do cravo urdido, o seu fel;

Ferido à pronto, lança dissabores.

Alheio aos passos, alhures ao léu.

Metidas, morrem várias em vão;

No cimo, mesa, copos, no chão

Pisadas, n’água fria de sabão.

Obreiras sugam, zoam: ação.

Conduzem finos cones: cartel.

Seduzem belas flores: amores.

Nenhum comentário: