Loading...
Loading...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Tortura

Tortura.

A tortura conduz o crime

E, da culpa não se exime

Os seus maiores males. Culpados,

Os efeitos armazenados

Na memória que se exprime,

Dor que dói e que muito oprime,

Agonia dos injustiçados;

Na pior dor traumatizados.

São bandidos aos quais se imprime

Marcadores; o que reprime

Inocentes, homens calados

E mulheres; são enquadrados.

Covardia! Nunca o subestime,

Ser mortal que não se redime.

Seus prazeres são contratados,

Eles agem acobertados.

Não acordem que se aproxime

Tal infâmia! Que se dizime

A tortura dos torturados.

A procura de outros culpados

Nesse afã de amor, que se prime

A isenção; do fato se ultime

Apenar somente os dados

E os fatos desmascarados.

Nenhum comentário: