Loading...
Loading...

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Sob Encomenda

Sob Encomenda.

Quero que tu faças para a minha graça

Versos caprichados. Deve ser simpática e

Leve a poesia, que esteja junto à praça

Lida, sem o empenho grave da gramática.

Gente conhecida passa lá e se engraça,

Fica em boa forma de maneira empática.

Ouvem com precisa cortesia e ela grassa

Por entre os passantes e seduz enfática.

Sê tu convincente na tua obra inteira

Para que o ledor não se esmoreça em verso

Nem te manifeste em desalinho imerso.

Rindo e divertindo o povo com a beira,

Pára tu e pressente a festa no converso.

Vê tu a primorosa face d’uma leira!

Nenhum comentário: