Loading...
Loading...

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Meninos Ao Mar – Poema

clip_image002Meninos ao mar.

Passa um veleiro longe da praia.

Magros meninos correm felizes,

Faz-se nas velas vários matizes.

Ondas, babados, sol que se ensaia.

Homens que pescam grande arraia

Redes de pesca em mãos de petizes,

Festa na areia dos fãs aprendizes.

É caravela nova, se espraia.

Barco navega, some da vista.

Jovens marujos perdem a pista.

Voltam-se ao campo, sós e alegres.

Dormem ao som das ondas entregues.

Cálidos ventos sopram a vista,

Novas marés, corsários imberbes.

Nenhum comentário: